sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Empregado demitido enquanto fazia tratamento médico receberá Danos Morais.

 

A conduta da empresa no caso foi reprovável, sobretudo porque a reclamada tinha ciência da intenção do trabalhador de realizar uma cirurgia, que o deixaria afastado das atividades por um tempo. Indenização foi fixada em R$ 15 mil

 

A Wal-Mart Brasil deve indenizar por danos morais, no valor de R$ 15 mil, um trabalhador despedido enquanto realizava tratamento de varizes. A decisão é da 7ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul (TRT-RS) e mantém sentença da juíza Barbara Schonhofen Garcia, da 30ª Vara do Trabalho de Porto Alegre. Ainda cabe recurso ao Tribunal Superior do Trabalho (TST).


Segundo informações do processo, o empregado avisou à empresa que faria uma cirurgia, mas não pôde realizá-la por ter sido desvinculado do plano de saúde em razão da despedida. De acordo com os autos, o procedimento cirúrgico foi informado em 24 de julho de 2008 por meio de  memorando. A comunicação de despedida, emitida em 1º de setembro do mesmo ano.


A juíza de primeiro grau, baseada nessas informações e em depoimentos de testemunhas, entendeu que a empresa, ao despedir o empregado, estava ciente da realização da cirurgia e da condição de enfermo do trabalhador. Dessa forma, sem que fosse apresentado outro motivo para a dispensa, considerou a despedida discriminatória, realizada em razão da condição de doente do reclamante. Na sentença, a magistrada destacou que "ainda que a despedida imotivada não seja vedada por lei, a despedida discriminatória é  rechaçada pela doutrina, jurisprudência e direito positivo, especialmente quanto a pessoas doentes".


Inconformada com a decisão, a empresa recorreu ao TRT-RS. No recurso, alegou que dispensou o trabalhador dentro dos limites do seu direito potestativo de rescindir o contrato de trabalho, e que cumpriu todas as obrigações decorrentes deste ato. Argumentou, ainda, que não existiam elementos para sua responsabilização civil porque não havia cometido ato ilícito.


Entretanto, para o relator do acórdão no Tribunal, desembargador Marçal Henri dos Santos Figueiredo, a conduta da empresa no caso foi reprovável, sobretudo porque a reclamada tinha ciência da intenção do trabalhador de realizar uma cirurgia, que o deixaria afastado das atividades por um tempo. O magistrado ressaltou que a concessão de benefício previdenciário posteriormente à despedida, por via judicial, demonstra que o empregado estava inapto ao trabalho naquele momento. "Assim, o ato da reclamada excede os limites impostos pela boa-fé e pelos fins econômico e social, caracterizando o intitulado abuso de direito de que trata o art. 187 do Código Civil, o que também configura ilícito passível de reparação indenizatória",salientou o desembargador.


Segundo o magistrado, a saúde do trabalhador é um interesse que também deve ser preservado na relação de emprego, razão pela qual a lei garante a realização de exames admissionais, demissionais e periódicos, que têm como objetivo garantir que o empregado, ao ser admitido e dispensado da empresa, esteja apto a exercer outra atividade. "O contrato de trabalho também deverá, por aplicação analógica do disposto no art. 421 do Código Civil, observar a finalidade social preconizada pelo ordenamento, não podendo o exercício do poder potestativo do empregador se sobrepor ao direito à saúde e à própria higidez física do reclamante", concluiu.

 

210 comentários:

  1. angela-mpaixao@hotmail.com10 de agosto de 2012 18:50

    fui demitida e estou fazendo tratamento com pscoterapeuta e psquiatra, com o convênio da empresa que trabalhava, agora não possso mais perdi o convênio isso está certo??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o problema nao esta relacionado ao trabalho a empresa até poderia te mandar embora. Ligue para mim a fim de esclarecer alguns detalhes.

      Excluir
    2. Na minha opinião se a demissão foi em razão da doença vc pode pleitear a nulidade dessa demissão sim. Outro ponto a ser avaliado é o tempo de empresa. A demissão pode ser caracterizada discriminatória.

      Excluir
    3. Estou com uma dúvida....estou aguardando a liberação do plano para realizar a cirurgia bariatrica, terei que ficar afastada por uns 30 dias, devo comunicar a empresa que vou precisar desse tempo antes de o plano de saude autorizar?
      Os exames pre operatórios consome muito tempo e tive e me ausentar várias vezes nos ultimos 02 meses, e estou preocupada se comunico ou não?

      Excluir
    4. sempre bom comunicar, fazendo prova desta comunicação.

      Excluir
    5. Eu trabalhava em uma empresa como embaladeira, depois fui promovida a auxiliar de escritório. Eles sempre elogiavam meu trabalho e até ganhei aumento nos dois últimos meses que trabalhei lá. Sofria com as humilhações diárias vindas de minha colega de trabalho. Eu já tinha síndrome do pânico e depois que comecei a trabalhar com essa mulher, fui diagnosticada com depressão. Meu psiquiatra me deu 4 dias de atestado alegando que eu estava esgotada e que o trabalho me estressava muito. Meu patrão não gostou desse afastamento e quando voltei do atestado ele me demitiu. O que tens a me dizer sobre isso? desde já, obrigada!

      Excluir
  2. FUI DEMITIDA E ESTAVA FAZENDO TRATAMENTO NO JOELHO COM CONVENIO DA EMPRESA ,POSSO MOVER AÇAO CONTRA A MESMA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o seu problema de saude estiver ligado ao trabalho a chance de exito é bem maior, caso contrario seria necessário conversar melhor sobre o assunto para analisarmos outras questoes.

      Excluir
  3. Trabalho em uma metalúrgica e fiquei 1 ano e 4 meses no INSS por ter descoberto uma Hérnia de disco e não poder trabalhar. Retornei esse mês, pois segundo a previdência como obtive algumas melhoras a empresa poderia estar me aproveitando em outro setor; e assim o fizeram. Só que meu tratamento deste problema não tem previsão de fim, e agora estou sendo ameaçado de ser demitido, eles podem fazer isso comigo?
    Desde já agradeço a resposta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ficou afastado por Auxlio Acidente voce tem estabilidade de 01 ano. Mesmo que nao tenha sido Auxilio Acidente mas a doença estiver relacionada ao trabalho voce pode ser indenizado moralmente pelo problema adquirido na empresa. Qq coisa nos ligue que lhe passaremos melhores informaçoes.

      Excluir
  4. Estou sendo desligado de uma empresa, e estou com as seguintes dúvidas para resolver se coloco ou não a mesma na justiça.

    O que ocorre é o seguinte:

    no dia 04/12 a empresa me informou verbalmente que dia 07/12 eu seria desligado por aviso indenizado, com a noticia que foi uma surpresa e pelo momento que estou passando (vou ser pai agora) acabei passando mal no dia 4 na hora do almoço. Estou com um atestado do dia 04, outro do 5 e 6, outro do dia 07, outro do dia 10 , e um outro do dia 11 até dia 17. No dia 11 (dia qualestava de atestado) recebi um representante da empresa na minha residencia com meu aviso indenizado com data do dia 11 e insistiu que eu assinasse eu informei dos atestados e mesmo assim ele insistiu. Eu assinei, porém não tenho ponto assinado naquele dia, pois estava de atestado, e a empresa foi até minha residencia, isso pode acontecer?

    Dentre esse erro temos outras situações, como por exemplo e-mails passados da minha pessoa para minha lider informando algumas horas que estavam trabalhando: ela pedia que sempre que chegasse antes, ou fosse embora depois avisasse por e-mail, eu sempre informei e imprimir uma via. Porém essas horas nunca foram pagas.

    Minha PLR 2011 era pra ter sido paga até dezembro nomáximo, e não foi. A de 2012 também ainda não foram pagas, eles podem pagar tudo na rescisão . Se na convenção obriga pagar até o ultimo mês do ano?

    Apesar de eu trabalhar para uma empresa (CNPJ), tenho documentos que comprovam que eu prestava serviço para outras empresas (CNPJ - que não faz parte do grupo economico).

    quando ingressei na empresa em dez/2010 foi como estagiario, onde no contrato estipulava 6 hrs diárias, porém com a promessa que seria logo efetivado, fui forçado varios dias a trabalhar horário integral de funcionário. Fiquei 4 meses nesta situação. E não existe ponto assinado.

    Em relação as férias: eu tirei 20 com 10 de abono. Porém dentro deste 20 dias eu vendi mais 10 por fora e ficaram 10 dias para gozo. O que eles também não deixaram eu tirar dentro do período dos 20 dias de férias. Fui tirando exporaticamente em uma sexta-feira, em uma segunda-feira tirei outro. Inclusive agora em dezembro tirei mais 2 dias. Eu também não tenho nem aviso, nem recibo de férias assinado.

    Como podemos trabalhar em cima disso?. Preciso de uma direção, pois quero acabar com essa ilegalidade que ocorre, pois trabalhei no DP lá e fui forçado ( a enganar muitas pessoas leigas no assunto), eles lezam os colaboradores, não pagam PLR que esta na convenção, compram 30 dias de férias, ninguém praticamente tem direito de gozo de férias. Já aconteceu até o caso de um colaborador falecer trabalhando no dia de férias, mais eles convenceram a familia a não colocar na justiça.

    Fico no aguardo de uma análise da minha situaçao.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom, a melhor coisa seria vc entrar em contato conosco para conversarmos pessoalmente. se possivel dê uma passada em nosso escritório, pessoalmente é melhor. Traga toda documentação que tem.

      Excluir
  5. selma.mami10@gmail.com

    Trabalho em uma empresa de beneficios na setor de call center a um ano e cinco meses.

    Nos ultimos meses comecei a sentir fortes dores nas costas e na perna. Após várias consultas e exames descobri que estou com duas hernis de disco na lombar, por conta do tratamento que estou fazendo apresentei atestados médicos, alguns de cinco dias e outro de dez dias, agora fui encaminhada para avaliação de um cirurgião de coluna. Percebi que a empresa tem a intenção de me demitir, pois não admitem faltas mem a apresentação de muitos atestados médicos.

    Gostaria de saber se a empresa mesmo ciente de minha situação e que estou realizando o tratamento poderia me demitir, mesmo alegando outro motivo?

    Caso venha a me demitir como devo proceder, assino a demissão ou contesto e não assino alegando que estou em tratamento médico e não poderiam fazer isto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  6. selma.mami10@gmail.com

    Trabalho em uma empresa de beneficios na setor de call center a um ano e cinco meses.

    Nos ultimos meses comecei a sentir fortes dores nas costas e na perna. Após várias consultas e exames descobri que estou com duas hernis de disco na lombar, por conta do tratamento que estou fazendo apresentei atestados médicos, alguns de cinco dias e outro de dez dias, agora fui encaminhada para avaliação de um cirurgião de coluna. Percebi que a empresa tem a intenção de me demitir, pois não admitem faltas mem a apresentação de muitos atestados médicos.

    Gostaria de saber se a empresa mesmo ciente de minha situação e que estou realizando o tratamento poderia me demitir, mesmo alegando outro motivo?

    Caso venha a me demitir como devo proceder, assino a demissão ou contesto e não assino alegando que estou em tratamento médico e não poderiam fazer isto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria interessante tentar receber beneficio do INSS.. De toda forma seria necessário constatar se a doença tem nexo com o trabalho.

      Excluir
  7. selma.mami10@gmail.com

    Trabalho em uma empresa de beneficios na setor de call center a um ano e cinco meses.

    Nos ultimos meses comecei a sentir fortes dores nas costas e na perna. Após várias consultas e exames descobri que estou com duas hernis de disco na lombar, por conta do tratamento que estou fazendo apresentei atestados médicos, alguns de cinco dias e outro de dez dias, agora fui encaminhada para avaliação de um cirurgião de coluna. Percebi que a empresa tem a intenção de me demitir, pois não admitem faltas mem a apresentação de muitos atestados médicos.

    Gostaria de saber se a empresa mesmo ciente de minha situação e que estou realizando o tratamento poderia me demitir, mesmo alegando outro motivo?

    Caso venha a me demitir como devo proceder, assino a demissão ou contesto e não assino alegando que estou em tratamento médico e não poderiam fazer isto?

    ResponderExcluir
  8. Trabalhei por quatro anos em uma empresa como vendedor, pedi demissão e fui para uma empresa concorrente, sete meses depois fui convidado a retornar na primeira empresa para ser vendedor interno na concessionaria de veiculos, mas no primeiro mes me colocaram para vender externamente e em outra cidade, ao encerrar o contrato de experiencia fui demitido. Alem de nao ter recebido treinamento,fico com a impressao que fui contratado apenas para nao ficar na concorrencia, ou seja, um golpe. Tenho algum direito a reclamar?
    emersonmarcasso@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a intenção da empresa foi esta até daria para vc entrar com um processo..me ligue que te oriento.

      Excluir
  9. Olá, por gentileza, trabalhei por 12 anos em call center , nesse período, sempre em escrit´rorio de cobranças, passei por 4 escrit´roios , porém no último comecei a ter dificuldades em ouvir direito, fiz exames de audiometria que constatou algumas dificuldades,e fui orientada pela fono a procurar um otorrino, e foi oque fiz,pedi no Rh da empresa uma copia dos meus exames ,avisando o ocorrido e cheguei a me consultar, só que antes que eu pudesse fazer os exames pedido ao médico fui dispensada da empresa...gostaria de saber oque devo fazer???

    por outro lado, nunca tive problemas de saude , porem algum tempo trabalhando nessa empresa, onde passava muito nervoso, comecei a sentir pressão alta, diabetes,colesterol, trigliceris , e estava em tratamento também,e fui dispensada. Me ajuda nos dois casos....eles poderiam me dispensar? o que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tem todos estes problemas dá para ingressar com açao contra INSS e a empresa, se provar o nexo. Me ligue que te ajudo.

      Excluir
  10. Olá...trabalho numa empresa há 4 anos, em 2009 tive câncer de mama, fiz a cirurgia e os tratamentos pelo convenio da empresa, ainda estou em acompanhamento, tinha uma cirurgia de reconstrução marcada para Janeiro de 2013, porem a empresa mudou o convenio sem comunicar ninguem, fui pega de surpresa e o novo convenio não quer realizar a cirurgia,além de todos os transtornos que tenho tido na busca dos mesmos tratamentos que tinha no convenio anterior. Preciso de orientação dos meus direitos. Pode me ajudar? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpe a demora. podemos lhe ajudar sim. se quiser entre em contato conosco para maiores detalhes.

      Excluir
  11. boa noite trabalhei em uma empresa no seguimento de glp gas fui demitido dia 15-5 mais estou com um tratamento e vou fazer uma cirurgia no naris, a empresa não relatou porque estaria me demitindo,mais isso foi depois que comecei esse tratamento e mais durante sete anos a cada dois meses fiquei de ´plantão do sabado as 14;45 as0545da manhã de segunda feira sem receber os 30%de ficar de plantão em casa com celular ligado dia e noite eu tenho direito a entrar com uma ação pra receber.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se te mandaram embora pelo tratamento vc até poderia receber uma indenização pela demissão discriminatória

      Excluir
  12. trabalho em uma empresa de telecomunicacao fiquei doente com sindrome do panico e passei pela psiquiatra que receitou remedios para tratar a doenca e mandou uma carta para a empresa comunicando meu tratamento a medica me afastou apenas por 15 dias devendo eu voltar no 16 dia me disseram que a empresa vai me mandar embora isso pode acontecer estou em tratamento medico gostaria que alguem me ajudasase a me esclarecer essa duvida obrigado

    ResponderExcluir
  13. Trabalhei durante 2 anos em uma empresa multinacional, nessa empresa a demanda de 12h de jornada eram bem regular, cobrindo férias, realizando trabalhos externos entre outras atividades. Porém, adquiri Pressão Alta dentro da empresa em uma dessas épocas de 12h de jornada de trabalho. Fui encaminhada para o hospital e daí para frente passei a ter a pressão arterial descontrolada, e sempre alta, faltando no serviço, mais sempre levando os comprovantes das consultas, mais fui demitida em meio ao tratamento por "baixa performance no trabalho", foi o que alegaram, isso já fazem 1 ano e 6 meses, e não posso mais parar com os remédios, hoje faço tratamento no posto de saúde. Gostaria de saber o seguinte: Entrei na empresa em ótimas condições de saúde e sai com o diagnóstico de uma pessoa Hipertensa, tenho algum direito, fui lesada, porque o que eu senti foi que eles se livraram de mim, ou seja se livraram de mais problema.

    Fico no aguardo, grata;
    Kátia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, como dito nas respostas anteriores para conseguir ser enquadrada como uma doença adquirida pelo trabalho tem que haver uma comprovação bastante robusta. Exames admissionais até ajudam mas nao são essenciais. Voce tem até dois anos para entrar com processo trabalhista cuidado para nao perder o prazo. Qq coisa nos ligue que converso com vc por telefone.

      Excluir
  14. trabalhei em uma empresa durante 3 anos e adiqueri uma alergia muito forte como asma ,dermatite tópica , sou alerg a sol e varios produtos de limpesa ,estou em tratamento mas a empresa me despensou oque devo fazer obs;trabalhei com resina no setor de marmore e granito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que estou vendo os problemas de saúde tem nexo com o trabalho. Você até poderia procurar um advogado conversar sobre o assunto e ingressar com uma ação indenizatória contra a empresa.

      Excluir
  15. minha mae sofreu um acidente 2011 ficou afastada 5 meses,mas apos
    o acidente ela não ficou muito bem psicologicamente,apos muita pressão acobou pedindo a conta,porem ainda ela esta em tratamento medico por causa do acidente,o aviso dela vence no final do mes 06
    posso fazer alguma coisa por ela para ela não perder tudo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela não deveria ter pedido a demissão. Se a doença tiver nexo com o trabalho ela poderia procurar um advogado, levar os exames e ver se tem direito a uma ação indenizatória.

      Excluir
  16. Estou em tratamento contra o cancer e estou correndo o risco de ser demitido da empresa. porque a mesma esta diminuindo custos. dependo muito do convenio pois o meu caso é raro . porque o cancer esta encima das artérias e não pode ser retirado. corro o risco de fazer novas quimioterapias e cirurgia também. QUAL SERIA A INDENIZAÇÃO NO MEU CASO. QUANTO PODERIA RECLAMAR CASO SEJA DESLIGADO DA EMPRESA. Desde Ja agradeço
    Emerson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá. no seu caso creio que, caso seja demitido, seria bom vc ingressar com ação de reintegração. melhor conversar com um advogado experiente, levar todos os exames e documento que vc tem.

      Excluir
  17. Trabalho em uma empresa desde janeiro de 2012. Sofri agora em Abril um acidente de moto em um dia de sábado, então não foi acidente de trabalho pois trabalho de segunda a sexta. Estou de licença pelo INSS. Quando eu retornar a empresa pode me demitir de imediato ou tem algum prazo de estabilidade?

    ResponderExcluir
  18. Tenho câncer de mama, fiz cirurgia, quimio, radio,estou em fase de hormônio terapia e acompanhamento de 4 em 4 meses. O tratamento é realizado pelo plano de saúde. A empresa pretende me desvincular com a intensão de diminuir o salario, colocar num outro regime trabalhista onde perderia , fundo de garantia, plano atual de saúde e etc. A empresa pode fazer isto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No seu caso entendo pessoalmente que a empresa nao pode alterar seu contrato de forma que te prejudique neste momento. o contrato de trabalho, assim como qualquer outro contrato, tem que ser observada, além da boa fé o caráter social. Com certeza vc consegue reverter esta decisao. Procure um advogado sério e que tenha bons conhecimentos em direito do trabalho.

      Excluir
  19. Olá, trabalhei em uma empresa e mais ou menos um ano descobri que sou diabética insulínica ainda em tratamento pois minha glicemia tem muitas alterações, como foi diagnosticado pelo meu endocrinologista em uma laudo entregue na empresa, por conta da doença vinha passando muito mal, pois já afetava minha pressão e meus rins, precisava faltar, mas sempre com atestados e sair mais cedo por conta de consultas médicas todas marcadas com antecedência. Na terça passada fui demitida e faço uso do plano de saúde para o tratamento. Existe algo q possa ser feito em relação a isso?
    Obrigada e bo tarde Fabiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc comprovar que a demissão se deu em razão do seu problema de saúde creio que tenha a chance de reverter esta demissão. Todavia precisa ser bem comprovado no processo.

      Excluir
  20. Boa Tarde
    Veja minha situacao e estou precisando muito de uma orientacao.

    Fui dispensado da empresa onde trabalhei 6 anos e meio, no ultimo dia 04/07/2013.
    Estava em um tratamento cirurgico de uma Hernia Umbilical que adquiri neste anos de trabalho. Estou com todos os documentos em maos dos medico e que inclusive no dia de minha demissao era dia de passar no medico.
    A empresa tem um ambulatorio dentro da empresa e todos os exames sao marcados pela infermeira da empresa que faz parte do meu convenio, portanto a empresa teria como saber do meu caso.

    Fui fazer o exame demissional no dia depois e o medico nao me deu a liberacao.

    Apos isso a empresa me chamou para eu aasinar um papel que constava se eu gostaria de manter meu convenio mas por conta propria.... mas fiquei desconfiado e nao assinei.

    Pedirao para eu voltar novamente no medico no dia 12/07/2013 para uma nova avaliacao.

    Quais os meu direitos, eu poderia ser dispensado em tratamento cirurgico? Aguardo uma orientacao.

    Julio dos sANTOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No seu caso e pelo que vc falou a doença tem relaçao com o trabalho. a empresa vai até manter sua demissao, entendo que vc poderia procurar um advogado e tentar sua reintegraçao ou uma indenização pela doença adquirida no trabalho. Eu tenho um caso aqui no escritório (hernia umbilical) em que a empresa foi condenada a indenizar o cliente.

      Excluir
    2. Trabalhei durante os 7 anos, fui dispensado e perdi o convenio.... com isso utilizei o convenio da esposa para fazer a cirurgia da minha Hernia umbilical, eu Tenho direito ao auxilio doença mesmo desempregado? Qual o procedimento que tenho que fazer?

      Excluir
    3. quando o(a) SEGURADO(a) EMPREGADO(a) deixa DE pagar suas contribuições, por quanto tempo ainda mantém A CONDIÇÃO DE segurado DA previdência social?

      · até 12 meses após deixar de contribuir, por não exercer atividade remunerada abrangida pela Previdência Social, ou

      · até 24 meses, caso comprove mais de 120 contribuições mensais (sem interrupção que acarrete a perda da qualidade de segurado);

      Assim, no seu caso, voce tem direito a pedir junto ao INSS auxilio doença. Ligue no 135 e agende a pericia, mas anda rápido. Boa sorte.

      Excluir
  21. Boa noite
    Trabalho de operadora de caixa fiz uma cirurgia na vista dia 24/06/2013 eles vão me dispensar por ter entregado um atestado de 7 dias gostaria de saber se é correto ou se eu tenho estabilidade na empresa vou assinar o aviso prévio dia 10/07/2013 sendo que estou com 6 pontos dentro do olho e estou em tratamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que daria estabilidade seria seu afastamento pelo INSS e por doença do trabalho, ou seja, auxilio doença acidentário. No seu caso nao vejo direito a estabilidade apenas indenização se vc provar que a empresa te mandou embora pelo motivo de estar doente. consulte um advogado e leve a documentação que ele com certeza vai saber lhe orientar.

      Excluir
  22. Boa noite.
    estava fazendo exames referentes a dores no baixo ventre e fui demitida. Fiz os exames no dia 28/06 e fui demitida dia 01/07. Na hora do exame demissional ele apenas colocou como apta sem nem ao menos questionar algum tratamento médico da minha parte. Retornei ao medico e como não foi possível ter um diagnostico preciso foi solicitado mais exames. Como procedo nesse caso? Pois estou com um problema de saúde adquirido ainda enquanto trabalhava na empresa e não posso dar continuidade nesse tratamento pois não tenho mais o convenio? Eles poderiam ter me demitido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá. como quase todos os casos acima vc tem que provar que a empresa lhe demitiu pelo motivo de estar doente. Seria bom consultar um advogado trabalhista e detalhar mais as informações como tempo de serviço, tipo de doença, etc..

      Excluir
  23. Estou fazendo exames para cirurgia bariatrica e irei operar nos proximos meses. to com receio de que a empresa que eu trabalho me demita no meio do tratamento, pois nao estou produzindo para a mesma. Seria caso de justiça?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende de uma analise mais aprofundada. Tempo de empresa, tipo de tratamento, etc.

      Excluir
  24. Boa tarde!!
    Bom meu trabalho eu uso bastante a voz e tenho dor de garganta diaramemte, estou fazendo exames para a cirurgia da retirada da amidulas( sem previsão da cirurgia) , nao estou usando o convenio da empresa pois nao cobre e ssa cirurgia!! A empresa vai me mandar embora!! Tirando que minha chefe çtem falado mal de mim, inventando boatos e usando minha imagem
    obs: empresa podera me mandar embora. sou CLT! TELEOPERADOR?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá, precisa analisar quanto tempo tem de empresa o que fazia antes, etc. me ligue amanha que tiro suas duvidas.

      Excluir
  25. Boa Tarde!!
    Bom estou fazendo exames para cirurgia de amidalite ( sem previsao da data de cirurgia) Dia 12/08 passo no anestegista apos eu vou ter que aguardar na fila de espera, pois trabalho com a voz e diaramente estou com dor de garganta!! Posso ser mandada embora? To indo pro 7 meses de empresa e nao estou usando o convenio da empresa pois nao cobre esse tipo de cirurgia! Tirando que minha chefe fica usando meu nome em vao , usando minha imagem! O que posso fazer

    ResponderExcluir
  26. Boa noite!!! fui desligado da empresa depois de 9 anos e 4 mês.foi meu primeiro emprego. nesse período,tive hérnia de disco, bursite, cisto no punho, e acumulo de líquido no punho. quero saber se tenho como entrar na justiça para a empresa me admitir de novo ? porque com essa doenças que tenho não consigo entrar em outra empresa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. anderson..vai depender do nexo da doença com o trabalho. DESCULPE A DEMORA PARA RESPONDER.

      Excluir
  27. Boa noite... Fui desligado da empresa depois de 9 anos e 4 mês, nesse período contrai hérnia de disco, bursite,cisto no punho, acumulo de liquido no punho,gostaria de saber se eu entrar na justiça se tenho como retornar a empresa? porque com esse doenças não consigo trabalha em outra empresa grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe a demora. Se possivel nos dê uma ligada que tento te orientar.

      Excluir
  28. Trabalho numa construtora a 1 ano e 2 meses, levei uma queda no alojamento da empresa ao sair do banheiro, e rompi o tendão do manguito rotador do ombro direito, vou ser submetido a uma cirurgia, mas a obra já está acabando e posso ser demitido. O que devo fazer para ter o amparo legal?

    Aguardo resposta.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voce tem procurar ser afastado pelo INSS. se ficar caracterizado acidente do trabalho terá estabilidade de 12 meses no emprego.

      Excluir
  29. Ainda estou de tratamento medico de H-pylori, e tomando medicamento por 2 meses, falta mais um mês para terminar o medicamento, fiz exames de sangue e estou aguardando o resultado e avisei ao lider que dependia do plano de saude, mas ele me demitiu, o que devo fazer??? E também o banco de horas está incorreto, e há 5 meses eu não assinei ainda o meu espelho, ou seja folha de ponto, e vou para o medico na segunda fazer exame demissional dia 20/08. Quais são os meus direitos?? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo nestes casos que a demissao é discriminatória, ou seja, voce esta em tratamento médico sendo demitido no decorrer deste tratamento. teria direito a, no minimo, uma indenização de cunho moral.

      Excluir
  30. bom domingo
    descobri um tumor ósseo no dedo da mão,e trabalhava como repositora de supermercado carregava e abastecia caixas este assim sentia uma dor insupotavel inchava etc...assim não rendendo o suficiente no trabalho...quebrei o dedo duas veses em três meses pois o osso e frágil o medico me deu um encaminhamento para operar e estou esperando o leito mesmo a empresa estando ciente da minha situação me demitiu sem justa causa e não posso arrumar outro emprego pois empresa nenhuma quer um funcionário doente!!!tenho direitos em relação a isto???
    desde já agradeço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, no seu caso entendo que cabe uma ação sim...me ligue e explique melhor que te oriento. se for o caso te ajudo a achar um advogado na sua regiao.

      Excluir
  31. trabalhei 2 anos em uma metalúrgica, depois de ano tive epicondilite e tendinite nos cotovelos e pulsos dos braços esquerdo direito, fiquei três mês afastados, a empresa me afastou por doença só que o INSS não aceita pois diz que não é doença é relativo ao trabalho, fiquei somente afastado três meses, quando retornei a empresa no mesmo dia fui demitido mesmo sabendo que eu teria de votar para INSS pois tinha mais fisioterapia para fazer e ainda sinto muita dor nos braços o que fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se voce puder entre em contato para explicar a situação e te oriento da melhor forma. (11) 3257-4164

      Excluir
  32. olá!
    Trabalhei em uma empresa multinacional em um período de 1 ano e 5 meses, nesse período passei a sentir fortes dores na coluna lombar e nas pernas, fiz um exame de RM que constatou; lombalgia associado desidratação protusão discal e sinovite facetaria. Isso próximo a um processo de exames periódicos que realizei.
    No dia de passar pelo médico do trabalho, levei o resultado da RM
    para ele, e o mesmo não liberou o meu ASO devido a esse problema de coluna me encaminhando para a médica da empresa. passei pela médica da empresa e relatei para ela o que eu sentia e o tipo de atividade que estava submetido a realizar na empresa (atividades pesadas, ficar em posições inadequadas por muito tempo, carregar peças pesadas isso subindo escadas e etc..) , ela escreveu o meu relato e guardou no meu dossiê médico não liberando o meu ASO e me solicitou uma avaliação ortopédica,
    passei pelo ortopedista e o mesmo me impossibilitou de fazer esforços físicos e me passou varias sessões de fisioterapia. Levei o laudo médico para a empresa que me colocou para fazer atividades administrativas enquanto eu me tratava, não tendo êxito com o meu tratamento, mudaram a minha função (de caldeireiro para assistente administrativo) e após alguns meses fui demitido
    OBS: Eu ainda estava em tratamento médico quando fui demitido. E logo após a demissão procurei o ortopedista e o mesmo me encaminhou ao o INSS para passar por pericia médica e foi o que eu fiz, foi me concedido o beneficio de auxilio doença.
    Posso ter êxito se eu por a empresa na justiça? e se sim o que eu posso ganhar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo vai depender do nexo de seu problema com o trabalho na empresa. ligue para mim que conversamos melhor. MARCELO (11) 3876-8496 / 3257-4164

      Excluir
  33. Bom dia!
    publiquei para você ontem às 21:52 o problema que passei na empresa.
    E uma outra situação que estou passando é: O documento no qual eu relatei para a médica da empresa a respeito do que eu sentia e as atividades que estava fazendo, o pessoal do posto médico não estão me liberando uma copia. eles podem fazer isso?

    ResponderExcluir
  34. Oi!
    E se os exames admissionais apresentarem os mesmos problemas apresentados agora, ainda assim posso entrar com um pedido de reintegração na empresa? sendo que eu não sentia nenhum tipo de dor antes de trabalhar na empresa e após as atividades realizadas nela passei a dormir em colchão inflável de tanta dor que eu sentia.
    "tenho certeza que o meu problema de saúde teve haver com o tipo de serviço que realizava na empresa, que além de atividades bem pesadas, também tinha um turno de 6 dias de trabalho por 2 de folga"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se houve piora no quadro em decorrencia do processo acredito que sim, de qualquer forma leve a documentação a um advogado de sua confiança que com certeza vai analisar sua situação.

      Excluir
  35. Trabalho em uma Usina de açucar e alcool a 6 meses,e fiquei de atestado por uns,10 dias pormotivo de ter adquirido uma protusao discal devido ao esforço do serviço e agora q voltei fui demitido o q faço meu email e lucieander@gmail.com.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o problema de saude nao tem relação com o trabalho creio que nao poderá fazer nada.

      Excluir
  36. OLÁ DOUTOR MARCELO, LEVEI UMA QUEDA NO ALOJAMENTO DA EMPRESA NUM DIA DE DOMINGO E ROMPI O TENDÃO DO MANGUITO ROTADOR DO OMBRO DIREITO, FOI CONFIRMADO POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA A NECESSIDADE DE CIRURGIA, A EMPRESA ME DEU FÉRIAS PRA CUIDAR DA LESÃO, MAS A CIRURGIA AINDA NÃO FOI MARCADA. O QUE DEVO FAZER AO RETORNAR DAS FÉRIAS PRA PODER DAR SEQUENCIA NO PROCESSO CIRÚRGICO? ESTOU PENSANDO EM VOLTAR COM UM ATESTADO DE 15 DIAS, POIS EXISTE A POSSIBILIDADE DA EMPRESA QUERER ME DEMITIR JÁ QUE A OBRA ESTÁ NO FINAL, DEIXANDO CLARO QUE JÁ INFORMEI OFICIALMENTE A EMPRESA SOBRE MINHA CIRURGIA ATRAVÉS DE LAUDOS MÉDICOS E EXAMES.
    QUERO SABER TAMBÉM SE ESSA QUEDA É CONSIDERADO COMO ACIDENTE DE TRABALHO E SE DEVO EMITIR A CAT? OLÁ DOUTOR MARCOS, LEVEI UMA QUEDA NO ALOJAMENTO DA EMPRESA NUM DIA DE DOMINGO E ROMPI O TENDÃO DO MANGUITO ROTADOR DO OMBRO DIREITO, FOI CONFIRMADO POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA A NECESSIDADE DE CIRURGIA, A EMPRESA ME DEU FÉRIAS PRA CUIDAR DA LESÃO, MAS A CIRURGIA AINDA NÃO FOI MARCADA. O QUE DEVO FAZER AO RETORNAR DAS FÉRIAS PRA PODER DAR SEQUENCIA NO PROCESSO CIRÚRGICO? ESTOU PENSANDO EM VOLTAR COM UM ATESTADO DE 15 DIAS, POIS EXISTE A POSSIBILIDADE DA EMPRESA QUERER ME DEMITIR JÁ QUE A OBRA ESTÁ NO FINAL, DEIXANDO CLARO QUE JÁ INFORMEI OFICIALMENTE A EMPRESA SOBRE MINHA CIRURGIA ATRAVÉS DE LAUDOS MÉDICOS E EXAMES.
    QUERO SABER TAMBÉM SE ESSA QUEDA É CONSIDERADO COMO ACIDENTE DE TRABALHO E SE DEVO EMITIR A CAT? GRATO!OLÁ DOUTOR MARCOS, LEVEI UMA QUEDA NO ALOJAMENTO DA EMPRESA NUM DIA DE DOMINGO E ROMPI O TENDÃO DO MANGUITO ROTADOR DO OMBRO DIREITO, FOI CONFIRMADO POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA A NECESSIDADE DE CIRURGIA, A EMPRESA ME DEU FÉRIAS PRA CUIDAR DA LESÃO, MAS A CIRURGIA AINDA NÃO FOI MARCADA. O QUE DEVO FAZER AO RETORNAR DAS FÉRIAS PRA PODER DAR SEQUENCIA NO PROCESSO CIRÚRGICO? ESTOU PENSANDO EM VOLTAR COM UM ATESTADO DE 15 DIAS, POIS EXISTE A POSSIBILIDADE DA EMPRESA QUERER ME DEMITIR JÁ QUE A OBRA ESTÁ NO FINAL, DEIXANDO CLARO QUE JÁ INFORMEI OFICIALMENTE A EMPRESA SOBRE MINHA CIRURGIA ATRAVÉS DE LAUDOS MÉDICOS E EXAMES.
    QUERO SABER TAMBÉM SE ESSA QUEDA É CONSIDERADO COMO ACIDENTE DE TRABALHO E SE DEVO EMITIR A CAT? GRATO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, voce pode me ligar dia 09/09..conversamos por telefone ..

      Excluir
  37. dr marcelo fiquei 3 anos esperando por uma cirurgia de varizes, mas recebendo beneficio do inss ,tive que ir em outra cidade para consultar ai consegui fazer a tal operaçao, estou em beneficio até o mes de novenbro estou desmpregado existe algum dano que posso pedir na justiça, afinal fiquei 3 anos sem trabalhar recebendo muinto pouco sendo que eu trabalhava em 2 empregos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, realmente preciso de mais detalhes sobre seu caso. Consulte um advogado de sua regiao ou me ligue dia10,

      Excluir
  38. Ola, Dr marcelo, gostaria de saber, trabalhei 3 anos e 7 meses em uma empresa pelo horario da noite, fui demitido sem justa causa, quando fui fazer o exame demissional, descobri quem tenho diabetes tipo 1, posso por a empresa na justiça?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que vi nao esta relacionada com o trabalho. pouco complicado,,

      Excluir
  39. Bom Dia Doutor Marcelo,

    Trabalhei em uma empresa durante 7 anos como Gerente de Vendas e fui demitido em junho de 2012, sendo que em dezembro de 2010 descobri um câncer de próstata e fiz a cirurgia pelo plano de saúde da empresa e estou até hoje fazendo acompanhamento periódico que termina em dezembro de 2015 (a medicina orienta 5 anos para comprovar cura total).
    A empresa vem mantendo meu plano de saúde e comunicou via e-mail que o plano será rescindido nesse mês de setembro/13.
    Pergunta: Tenho direito que esse plano de saúde seja mantido até o final do acompanhamento medico e exames necessários até dezembro de 2015?
    Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. desculpe a demora. pensei que já havia lhe respondido. Bom, pode manter o plano por um prazo determinado desde que pague a parte que a empresa pagava. entre em contato com o plano e com a empresa para ter mais informações.

      Excluir
  40. Doutor moro em volta redonda RJ me esclarece uma coisa.
    estou em tratamento com ortopedista,pois não me encostei no inss,pego atestado e volto,pego atestado e volto,no exame de 1 ano da empresa chamado periódica constou que estava com problema na coluna,a contratada mandou eu procurar um especialista com o lado que me deram da periódica,fiz o exame de tomografia e o doutor disse meu caso é de cirurgia,eu semana agora eu estive conversando com meu supervisor e ele me mostrou minha demissão em sua mesa,caso a empresa me demita eu tenho direito de entra na justiça?qual seria meu processo,e que a empresa teria que arca?(obs:entrei na empresa com nenhum problema,pois no exame de admissão não constou nenhuma imregularidade na coluna e estou com joelho também critico pois estes 2 problemas causaram por desvio de função)aguardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc puder nos ligar para passar maiores informações seria bom, se o caso te ajudo a encontrar um advogado na sua regiao.

      Excluir
  41. Ola,DR.Marcelo gostaria de saber trabalho em uma empresa a 11 anos, tive um cancer de mama onde hoje me encontro em tratamento estou fazendo quimio e vou entrar para radio gostaria de saber se a empresa pode me mandar embora e uso um catere que terei que usar durante 3 a 5 anos fazendo manutenção 1 vez ao mês .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá, entendo que o contrato de trabalho, assim como qualquer outro contrato, deve se pautar dentro de princípios. Dentre estes princípios está o da dignidade da pessoa. Neste sentido entendo que se a empresa demitir voce, justo no momento em que mais precisa da manutenção do trabalho e dos benefícios decorrente do trabalho (como plano de saude) a demissão é injusta e passivel de ser anulada. É lógico que toda esta situação precisa ser bem comprovada ao judiciário. Qq duvida nos dê uma ligada ou procure um advogado na sua região para maiores orientações. Grande abraço.

      Excluir
  42. Olá Dr Marcelo:
    No meu caso eu fui demitido recentemente da empresa metalúrgica one eu trabalhei por quase 7 anos. No período que fiquei na empresa,eu sofri um acidente de trabalho em 2007,quebrei o pulso esquerdo e fiz uma cirurgia e coloquei um fixador,fiquei em auxílio-acidente por 4 meses,voltei e fui readaptado de função.Nesse tempo percebi que tinha dores na região da fratura,fiz outros exames que constataram uma redução da minha capacidade, ingressei na justiça pleiteando um auxílio-acidente do INSS,a decisão em primeira instância tanto da perícia,como do juiz foram favoráveis,estou aguardando se o INSS irá recorrer ou não. Em nenhum momento a empresa reconheceu alguma sequela deste acidente, nos ultimos meses fiz um curso de ponte rolante,más como não tenho o crachá de autorização , me negava a opera-la,porque na empresa a um regimento interno chamado direito
    de recusa,más o supervisor insistia que eu deveria opera-la.
    Achei que minha demissão se deveu a isso e talvez a meu processo no INSS,que a empresa ja tinha conhecimento.
    Queria saber se nesse caso,como a convenção coletiva dos metalurgicos garante estabilidade aos metalurgicos que ficaram lesionados,não cabe uma ação de reintegração ao trabalho?
    Grande abraço ,agradeço desde ja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, voce pode procurar um advogado e de posse dos documentos médicos, avaliar se há possibilidade de reintegração. De qualquer forma, se preferir, pode nos ligar que lhe dou maiores informações.

      Excluir
  43. boa noite!
    Fui demitido da empresa com problemas de saúde e logo após a minha demissão entrei com um pedido de auxílio-doença no INSS, e o beneficio foi me concedido.
    quero saber se em uma eventual reintegração a empresa terá que me pagar os salários desse período que fiquei encostado?

    ResponderExcluir
  44. Boa tarde, estou em tratamento da HPylori gostaria de daber se a empresa pode me demitir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, entre em contato comigo e me explica melhor. Marcelo (11) 3257-4164.

      Excluir
  45. boa noite!
    estava fazendo tratamento medico e fui demitido, logo após a minha demissão entrei com um pedido de auxílio-doença no INSS.
    o beneficio foi me concedido por um período de 10 meses.
    quero saber se em uma eventual reintegração a empresa terá que pagar esses 10 meses de salario?
    OBRIGADO!

    ResponderExcluir
  46. Olá, bem, estou em tratamento de pedra renal devido a dores extremas, tive consultas e exames que declaram que há grande possibilidade de cirurgia, me passaram com uma consulta para um urologista do sus no dia 20, mais por problemas ele não fez consulta naquele dia, então remarcaram para dia 30 ali saberei se deverei o não fazer a cirurgia. Então, já havia informado aos patrões sobre o caso, eles estavam entendidos, pois na segunda dia 15 tive uma consulta onde o médico passou os resultados finais dos exames, e pediu que informasse a possibilidade aos meus patrões, estando em tratamento ainda, avisei e os deixei cientes da situação, 3 dias depois do informado me demitiram!
    Minha recisão é para ser feita dia 27 ainda não fiz o demissional, e não entreguei a carteira, estou desesperada pois, como procurar emprego agora, nesta situação?
    Então minha dúvida é o que fazer? devo entregar a carteira? devo esperar o resultado médico e buscar o inss ou advogado antes de assinar a demissão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo eu que neste caso a demissao foi injusta, ou seja, discriminatória. Melhor consultar um advogado para maiores esclarecimentos. se preferir ligue para nos que te oriento e te ajudo a achar um advogado na sua regiao. Marcelo Winther (11) 3257-4164

      Excluir
  47. Boa noite, Dr.Marcelo, trabalho em uma empresa de e-commerce, e a um més estou fazendo fisioterapia, com 10 sessões que erá realizada as 16:30,neste caso como a clinica fica próximo do bairro que trabalho eu saio do serviço as 15:30, tenho uma jornada de trabalho de 08 horas, sendo das 08hs as 17hs, porém o ortopedista solicitou que eu fisese mais 10 sessões, sinto muitas dores nas lobar, si-atico e na costa do lado direito,pios trabalho sentado, porém a fui questionado pela gerencia, que mudasse de clinica ou horário, pois alega que não podem ficar liberando mais cedo para realização do tratamento, pois o horário da clinica é das 08:00 as 17:00 , gostaria de saber se na CLT tem algum artigo que me resguarde

    alexops75@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe pela demora. Bem, é um caso complicado por que de um lado a empresa precisa de voce e de outro tem que fazer o tratamento. Por obvio que a sua saude é a prioridade. De qualquer forma é bom tentar entrar em acordo com a empresa de forma que nao atrapalhe o trabalho e vc nao perca o emprego. QQ coisa nos ligue.

      Excluir
  48. manuzinha_safira@hotmail.com14 de outubro de 2013 22:10

    foi demitida hoje, mais eu estou em tratamento fisioterapeuta por estar com síndrome do túnel do carpo do punho direito e esquerdo com 10 cm de nervo. a empresa estava ciente desta situação inclusive me encaminharam para o medico do trabalho no mês passado . ela passou uns exames e mandou utilizar uma tala rígida mais uma medicação em 8h/8h. agora me desligaram o que faço ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se possível dê uma ligada para mim para esclarecer uns detalhes. Meu fone: (11) 3257-4164 (11) 99733-4767 (vivo)

      Excluir
  49. Dr. Marcelo, preciso urgente de sua resposta. O meu marido entrou em uma empresa de vidros, faz instalações, sempre bem equipado e com segurança, está cumprindo o período de experiência, quando através dos exames admissionais descobriram que ele é diabético e pediram a ele um laudo medico alegando que ele está apto a trabalhar, porém ele não está conseguindo arrumar este laudo e ele suspeita que irão manda-lo embora. Ele precisa muito desse emprego, pois já tem 50 anos e teve muita dificuldade para arrumar um trabalho fixo. Será que eles podem demiti-lo, isso é legal. Aguardo uma breve resposta, pois ele está com os dias contados para dar um retorno à empresa, não estão deixando ele trabalhar por conta dessa situação. Agradeço pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, o fato de ser diabético nao torna ninguém incapacitado para o trabalho. Creio que se ele for em algum médico e explicar a situação lhe darão um parecer de que esteja em condições para o trabalho. A nao ser que esteja debilitado temporariamente. Procure um advogado trabalhista na sua região, caso ele seja demitido por este motivo. De qualquer forma meus telefones estão acima e caso preciso de alguma orientação me ligue. Boa sorte a voces.

      Excluir
  50. eu fui demitido e estou em tratamento medico, tenho marcapasso quais os direitos que tenho dentro da empresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso de mais informações para te ajudar..nos ligue que conversamos.

      Excluir
  51. Olá meu marido tem problemas de Diabetes, e por isso foi obrigado a sair da sociedade que tinha numa empresa, esta mesma empresa registrou - o como vendedor. Agora, passado 7 meses de registro, pediram pra ele assinar o aviso prévio. Ele está fazendo tratamento, a diabetes está por volta de 450, e afetou os rins. Quando chamaram -no para conversar, ele explicou o que estava acontecendo, que está fazendo tratamento no HOSPITAL DAS CLINICAS de SP e que talvez iria encostar, e ainda foi aconselhado pela Patroa, em dar entrada no INSS. Porém no dia seguinte, ela liga e diz que vai fechar a empresa e que ele precisa ir assinar o aviso prévio.( ele era socio de uma fabrica que esta no nome do marido dela, quando saiu, foi registrado num comercio que esta no nome dela) o que devemos fazer? Pois ele não está em condições nem de enfrentar processos na justiça.

    ResponderExcluir
  52. Ola Dr. tenho uma duvida, estou fazendo tratamento de Calculo Renal, e estou aguardando o convenio medico empresarial, autorizar minha Cirurgia, Minha duvida é nesse meio tempo a empresa que trabalho pode me demitir????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se voce faltar sem justificativa médica até podem te mandar embora.

      Excluir
  53. fui demitido de uma montadora no dia 4/10/2013 e a empresa estava ciente do meu problema de coluna lombar pois adquiri lá, fiz a cirurgia no dia 19/10/2013, e a empresa ja havia me demitido e me deu um prazo de 1 mês para usar o convenio, o prazo esta acabando e estou precisando do convenio para tratamento pós cirurgico, eles poderiam fazer isso?quero sabe se é possivel abrir um processo indenizatório,eu nao quero e nao pode ficar assim quero justiça. gostaria de uma resposta do que poço fazer..desde ja agradeço...meu email dhtpalmerense@gmail.com

    ResponderExcluir
  54. Dr Marcelo trabalhei em uma empresa por seis meses hj me comunicaram meu desligamento da empresa sem justa causa, mas eu estou com o joelho lesionado e não sei qual a extensão da lesão, minha consulta medica está marcada para amanhã, quando levarei os exames que o médico pediu para eu fazer. Caso a lesão seja grave como devo proceder ? Que direitos eu tenho? Eu posso ser desligado com uma lesão grave no joelho apesar de ainda não ter sido afastado por licença médica já que a lesão é recente. Meu supervisor já sabia que eu estava com problemas no joelho, e avisei no momento que me foi comunicado o meu desligamento que estava fazendo consultas médicas para descobrir qual extensão da lesão mas eles só disseram para eu ir ao médico do trabalho para fazer meu exame demissional, Que eu só pretendo fazer após o diagnóstico do meu médico ortopedista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa avaliar se o seu problema no joelho tem nexo com o trabalho. Pelo pouco tempo de empresa pode ser que nao tenha, mas somente um médico perito poderá lhe informar isso. Se a lesao for grave o proprio médico ira lhe afastar do trabalho, se for mais de 15 dias voce será encaminhado para o INSS. Mesmo se for demitido voce poderá utilizar o INSS se tiver tempo minimo de contribuição. Boa sorte. Qq coisa nos ligue que lhe passo mais orientações.

      Excluir
  55. Dr Marcelo gostaria de saber o seguinte fui emitida dá empresa onde trabalhei por dois anos e descobrir que precisava operar o joelho fiz a cirúrgica dum mes apos retornar fui demitida mas estava em tratamento medico
    Antes de sair dá empresa subi em uma escada para pegar uma caixa e comecei a sentir fores na lombar fui ao medico e preciso fazer físico so que perdi o convênio sei que fui demitida por não querer pegar peso pois segui ordens do meu médico como proceder
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neste caso voce vai ter que comprovar o problema de saude e o nexo com o trabalho.

      Excluir
  56. Boa tarde, estou com uma duvida.
    Fui mandada embora, porem a 3 meses estava fazendo um tratamento medico e desde o inicio deixei claro que teria que fazer uma cirurgia (tumor benigno no osso da cabeça), de inicio tudo ok, ai fui surpreendida com a dispensa, mas no momento da dispensa falei do tratamento e pedi para o diretor que deixasse o convenio medico por mais 3 meses ate terminar o tratamento, se necessario descontasse da rescisão, ele falou que sem problema.
    Falando com o departamento de RH disseram que seria cancelado no prazo de um mes, falei sobre que o diretor deixou por mais 3 meses e ate agora nao tive resposta, nao disseram sim e nem não, pedi que fosse transferido pra pessoa fisica, porque nao poderia perder essa cirurgia, até agora nada, estou com medo de perder o convenio e não poder fazer a cirurgia, pois os outros convenio vou entrar com carencia.
    o que posso fazer?

    desde ja agradeco
    Vanessa G.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Vanessa, precisamos analisar algumas questões. Quanto tempo tem de empresa? Desde quando vc vem fazendo tratamento? a empresa tinha ciencia deste tratamento?? Qualquer coisa me ligue que tiro suas duvidas por telefone e te ajudo a procurar um advogado em sua regiao, se o caso. Grande abraço. Marcelo (11) 3257-4164 / 3876-8496.

      Excluir
  57. Boa noite Doutor, fiz uma cirurgia para retirada de lesão de mama, e linfonodos,em abril/2012 e algumas sessões de radio, estou em tratamento antihormonal por cinco anos, em out/2013 cirurgia retirada de safena das pernas e varizes, faltam 04 anos para aposentadoria por tempo trabalho, mesmo assim corro o risco de demissão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te respondendo de forma objetiva sim. Normalmente as convenções coletivas estabelecem um período de estabilidade PRÉ APOSENTADORIA que pode ser de 02 anos antes de se aposentar, ou seja, quando faltar 02 anos para vc ter o direito a se aposentar entra na estabilidade de emprego.

      Excluir
  58. Boa noite Dr. Marcelo, trabalhei 7 meses em uma empresa, e a 1 mês atrás tive que entrar em tratamento médico devido a uma esofagite crônica com metaplasia gástrica, e a empresa me despediu hoje. quais a medidas que devo tomar, se pela lei eles não poderiam me dispensar?

    ResponderExcluir
  59. Bom dia

    Recentemente fui ao médico e descobri que estava com pressao alta, nunca tivê problemas com pressao e trabalho na empresa a 1 ano e 3 meses e ocorreu isso, dentro do ambiente de serviço causa muito estresse. Tenho 17 anos e já trabalhei como aprendiz e nunca ocorreu de eu ir parar em hospital por causa de pressao, e como trabalho no mc donalds também tem o fato da má alimentação.
    O fato de eu ter descoberto a pressao alta recentemente pode ocorrer. Um processo ao empregador?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua questao demanda uma conversa mais aprofundada, procure um advogado em sua regiao..qualquer coisa nos ligue que te ajudo a encontrar um.

      Excluir
  60. Boa tarde Dr Marcelo, minha chefe me dispensou só porque a comuniquei q precisava fazer 4 extrações do siso, ela pediu q eu mudasse a data e concordei (mudei 3x a data) porém, quando remarquei e a comuniquei ela pediu q eu mudasse novamente e eu disse q não, porque eu tinha que fazer. Então, ela me dispensou e agora estou cumprindo aviso. Isto é correto? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Complicado seu caso. Melhor vc consultar um advogado pessoalmente para analisar sua questao,. o grande problema vai ser fazer prova que a demissao foi por este motivo.

      Excluir
  61. Dr Marcelo, parabéns pelo blog !
    Trabalhei em uma multinacional há 5 anos, estava fazendo tratamento psiquiátrico - depressão - e eles me demitiram eu estando de atestado. Isso ocorreu no dia 25 de nov e o atestado era de 22 de novo - me dando 15 dias. Eu não recebi o salário na minha conta hoje dia 29 .. é normal isso ? eles irão me pagar após o 15 dias de atestado ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpe pela demora. Obrigado pelas considerações. Pelo que voce relatou realmente nao poderiam ter mandado vc embora estando afastado, entendo que a dispensa foi discriminatória. Qualquer coisa nos ligue que te ajudamos a achar um advogado na sua regiao. Grande abraço.

      Excluir
  62. to com cirurgia marcada para janeiro para a retirada de dois nodulos no seios e hj eles me mandaram embora com justa causa por motivos de faltas q tive desde a descoberta queria saber meus direitos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. De uma forma simples o que precisa ficar claro é que faltas injustificadas podem sim gerar despedida por justa causa. Como cada caso é um caso, precisamos analisar outros detalhes no seu contrato de trabalho como: Tempo de empresa, seu histórico na empresa, gravidade do tratamento que esta fazendo, enfim, tudo isso. Se vc puder me ligue na segunda feira que tento te orientar melhor, por aqui é mais complicado. Grande abraço e sucesso no tratamento. Marcelo (marcelo.winther@gmail.com)

      Excluir
  63. Venho arcando com quase tudo da minha filha pois meu marido alega q não tem condições pelo simples fato de estar pagando pensão pra outro filho.Queria saber se mesmo morando com ele posso pedir pensão pra ela? pois o mesmo diz que posso entrar mas ele ja paga trinta porcento pra um se for pagar mas trinta não tem salario e ainda vai ficar devendo na empresa? Em caso de revisional pode se pedir que seja 15 porcento pra cada filho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então eu entro com o processo ou ele entra com revisional pedindo 15 pra cada?

      Excluir
  64. Boa tarde Senhores advogados!

    Presto serviço para uma empresa de maquinetas de cartão desde 01/10/13 e sou terceirizada por uma agência de empregos a quase 3 meses. Desde o primeiro dia de treinamento, quando comecei a treinar com uma colega de equipe, fui ensinada a “Fraudar” para bater as metas, o que nunca fiz e a mesma assim como vários outros colegas me disseram que aprenderam com outros colegas que atualmente são supervisores e coordenadores da empresa.
    Ficaria fácil provar essas fraudes se fizessem a auditoria e entrassem em contato com os clientes para saber se o mesmo fez o "aceite de voz' e solicitou o serviço mas a agência e a empresa de maquineta fazem vista grossa e só toma atitude quando o cliente liga para reclamar de alguma solicitação indevida e aí mandam o consultor embora por Justa Causa.
    Desde Novembro, ocasião em que comecei a trabalhar sozinha, venho sendo questionada sobre a minha produção que não e baixa mas não é alta tendo em vista os colegas que Fraudam para bater metas e eu já fui ameaçada de ser demitida caso eu não entrasse na “Política de trabalho” da empresa, ou seja: querem me obrigar a fraudar para atingir as metas estipuladas pela agência de trabalho, só que com isso tudo, eu comecei a ter sintomas de stress insônia, tremedeira, dor de barriga e estômago, depressão e pânico, desde a hora que levantava até durante o expediente, então dia 9/12 em consulta, a Psiquiatra me afastou por 14 dias pelo CID F 43.2 , receitou fluoxetina de 20 mg duas vezes ao dia, psicoterapia e devo retornar dia 13/01
    Minhas dúvidas são:
    Podem me mandar embora? Devo retornar em 23/12
    Posso fazer um exame demissional por conta mesmo que a empresa não solicite no desligamento já que ainda estou em período de experiência até 29/12 e posicionar meu estado o médico do trabalho mediante apresentação do atestado?
    Outra dúvida:
    Na ocasião que recebi o e-mail para o processo seletivo dessa empresa, o salário era um valor, fui registrada com outro valor menor, no contrato de trabalho não consta que eu tenho que trabalhar aos Sábados e eles obrigam os consultores a trabalhar pelo menos um Sábado por mês que não é remunerado, a comissão do mês passado atrasou 13 dias, o 13º que deveria ser calculado com a comissão não foi.
    O que eu faço: alguém pode me orientar? Não tenho advogado!
    janaina.medeiros11@hotmail.com



    ResponderExcluir
  65. Boa tarde. Meu pai estava trabalhando na rede EXTRA de supermercados. Foi demitido no fim do tempo de experiência, assinou um contrato de rescisão e estava aguardando para assinar as outras documentações e fazer o exame demissional. Nesse período ele sofreu um acidente e teve um traumatismo craniano que está o incapacitando de trabalhar. A empresa disse que não tem obrigações com ele e que ele foi demitido antes, cortou o plano de saúde e a 1 mês está pedindo ele pra esperar para terminar de assinais os papéis demissionais. Eles poderiam manter a demissão ou teriam que manter ele empregado até a liberação médica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo, queria saber uma coisa, seu pai sofreu acidente fora da empresa?? Se possivel nos ligue amanha (11) 3257-4164 para explicar melhor a situação.

      Excluir
  66. boa noite dr. Marcelo,há 1 ano foi constatado pelo médico da empresa onde trabalhava(montador de móveis e técnico de móveis) que eu estava com hernia umbilical,e o mesmo disse que eu poderia fazer a cirurgia mais tarde q poderia esperar,q o caso ñ era grave.Em outubro operei o olho e fiquei 14 dias afastado,e o médico disse q eu teria de operar o outro olho,mas fiquei com receio pois já havia ficado 14 dias afastado e decidi operar em 2014,e o médico disse -sem problemas.porém dia 11 do 11 de 2013 fui demitido e agora tenho essas duas cirurgias para fazer e tenho q fazer também exames no joelho e costas pois sinto dores.ja q em meu serviço eu trabalhava em várias posições,e essa hernia adquiri por causa de meu trabalho já q faz 9 anos q trabalhei na empresa e lá tenho de levantar peso e ficar em posiçóes irregulares.minha pergunta: O Q EU FAÇO AGORA POIS SE EU OPERAR A HÉRNIA TEREI DE FICAR 3 MESES AFASTADO E SÓ FIKEI SABENDO AGORA Q TEREI DE FICAR 3 MESES AFASTADO, E SE NÃO OPERAR NÃO ARRUMO EMPREGO.POSSO ENTRAR EM AÇÃO CONTRA A EMPRESA COM AÇÃO INDENIZATÓRIA OU PEÇO MINHA REINTEGRAÇÃO A EMPRESA EM OUTRA ÁREA,POIS ATÉ HOJE (06/01/14)AINDA NÃO RECEBI MINHA HOMOLOGAÇÃO.PRECISO DE AJUDA.

    ResponderExcluir
  67. olá dr Marcelo,trabalhava numa empresa de montar móveis e fui diagnosticado pelo médico q disse q eu tinha uma hérnia umbilical, e em outubro de 2013 operei do olho e fiquei 14 dias afastado e o médico disse q eu teria de operar o outro olho mas optei por esperar e operar em 2014 pois fiquei com receio de ser demitido já q teria de ficar mais 14 dias fastado.porém dia11 do 11 de 2013 fui demitido sem justa causa e perguntei a minha chefe porque e ela disse-SUA CONCIENCIA.não entendi.agora tenho essas cirungias para fazer e estou desempregado e agora fiquei sabendo q cirurgia de hérnia tem de ficar 3 meses em recuperação,e se eu não operar não arrumo emprego.o q eu faço:ENTRO COM AÇÃO INDENIZÁTÓRIA OU PEÇO REINTEGRAÇÃO A EMPRESA EM OUTRA ÁREA.E O MÉDICO DEMICIONAL SABIA Q EU ESTAVA COM HÉRNIA.E TAMBÉM ATÉ HOJE EU NÃO RECEBI MINHA HOMOLOGAÇÃO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo vai depender do nexo com o trabalho. Ligue para mim que te esclareço. 3257-4164.

      Excluir
  68. 09 de janeiro de 2014
    Boa Tarde Dr Marcelo, acabei de ser demitida da empresa onde trabalhei durante três anos,no setor de entrega de exames, onde realizava diversas tarefas e serviços de esforço fisico repetitivo, mediantea isso obtive uma lesão na coluna cervical e dorsal.fiquei afastada pelo inss por 2meses,ao retornar para empresa não pude ficar no mesmo setor pois estou em tratamento a 1ano fazendo tratamento pois se trata de problema cronico.ai para piorar a minha situação no final de outubro foi detectado uma TVP (trombose venosa profunda), na perna direita, estou fazendo uso do plano de saúde e pois preciso realizar varios exames e fazer as consultas medica pois se trata de uma doença complicada.tenho duvida a respeito do que devo fazer posso entra com um processo contara a empresa pois fui demitida estando fazendo tratamento e uso do plano,sem contar a lesão da coluna que se deu devido a ma condição de trabalho,minha outra duvida é posso entra com algum recurso no inss na caso da trombose para receber algum auxilio mesmo tendo sido demitida.estou confusa sem saber como agir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pelo que vc esta falando a doença deve ter relação com o trabalho desenvolvido para a empresa. De qualquer forma somente uma perícia médica poderia apurar isso com mais clareza. Se quiser mais esclarecimentos entre em contato comigo pelo telefone que conversamos. Grande abraço. (11) 3257-4164

      Excluir
  69. Boa noite fui demitida a uma semana atrás e estou fazendo tratamento de trombose,minha duvida é posso colocar na justiça tenho direito a alguma coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tiver relação com o trabalho pode sim. Melhor conversar com um advogado na sua regiao para pegar maiores informações. Se quiser me ligue (11) 3257-4164 / 99733-4767, que te oriento. Boa sorte.

      Excluir
  70. Olá, Boa noite!

    Eu estou a 2 meses trabalhando em uma empresa de Call Center, e no período de experiência. Há 2 semanas comecei a sentir fortes dores na região da lombar e ela estava indo para minha perna direita e eu não estava conseguindo andar direito. Fui ao médico e ele disse que devido o meu trabalho, de ficar sentada 6 horas por dia, eu acabei adquirindo essa doença da coluna, ele me encaminhou para fazer raio x que deu que eu estava com um desvio na coluna, nisso ele me encaminhou para uma natação, voltei ao trabalho após 10 dias em casa, sentir fortes dores na coluna e não consegui trabalhar direito, fora que ainda tenho que subir muitas escadas e tenho muita dificuldade.
    Minha dúvida é a seguinte estou no prazo de experiência, eu posso recorrer ao INSS mesmo estando no prazo de experiência? A minha empresa pode me mandar embora, mesmo eu tendo adquirido meu problema no meu local de trabalho?
    Estou muito preocupada, desde já agradeço.

    e-mail: Daienne.rodrigues@outlook.com

    ResponderExcluir
  71. Olá, Boa noite!

    Eu estou a 2 meses trabalhando em uma empresa de Call Center, e no período de experiência. Há 2 semanas comecei a sentir fortes dores na região da lombar e ela estava indo para minha perna direita e eu não estava conseguindo andar direito. Fui ao médico e ele disse que devido o meu trabalho, de ficar sentada 6 horas por dia, eu acabei adquirindo essa doença da coluna, ele me encaminhou para fazer raio x que deu que eu estava com um desvio na coluna, nisso ele me encaminhou para uma fisioterapia, voltei ao trabalho após 10 dias em casa, no trabalho senti fortes dores na coluna e não consegui trabalhar direito, fora que ainda tenho que subir muitas escadas e tenho muita dificuldade.
    Minha dúvida é a seguinte estou no prazo de experiência, eu posso recorrer ao INSS mesmo estando no prazo de experiência? A minha empresa pode me mandar embora, mesmo eu tendo adquirido meu problema no meu local de trabalho?
    Estou muito preocupada, desde já agradeço.

    e-mail: Daienne.rodrigues@outlook.com

    ResponderExcluir
  72. Olá Dr Marcelo, Sou operador de máquina desde 2011, acabei sofrendo uma lesão na mão direita ( Amiotrofia Bilateral Muscular) no começo a empresa começou a custear todos os meus exames, mas no dia da cirurgia marcada pra o dia 14 de janeiro de 2014 a empresa resolveu cancelar minha cirurgia,,temo em ser demitido, o que eu faço?

    ResponderExcluir
  73. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  74. Dr. Marcelo, Trabalho numa empresa a dois ano e meio como operador de máquina e acabei sofrendo uma lesão na mão direita chamada ( Amiotrofia Bilateral Muscular) A empresa vinha custeando meus exames: Tomografia, Biopsia e Quando o Médico marcou a cirurgia pro dia 14 de janeiro de 2014 eles resolveram não fazer mais, será que eles estão so me enrolando? será q devo procurar meus direitos? pois temos ser demitido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria bom procurar seus direitos ou tentar manter a cirurgia..qq coisa nos ligue.

      Excluir
  75. DR.MARCELO,ERA CONTRATADA DE PREFEITURA HA 2 ANOS E ADQUIRI NO MEU TRABALHO 2 HERNIAS DE DISCO E TENDINTE,AO TERMINO DO CONTRATO FUI MANDADA EMBORA SENDO QUE O PESSOAL DO RH SABIAM DA DOENÇA.E QUANDO AINDA ESTAVA TRABALHANDO MEU MEDICO PEDIU PRA ME MUDAREM DE FUNÇAO MAS NAO ATENDERAM O PEDIDO CONTINUEI NA MESMA FUNÇAO.E AGORA POSSO PROCESSAR A PREFEITURA?VAO ME REINTEGRAR OU ME PAGAR UMA INDENIZAÇAO??DESDE JA AGRADEÇO,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o problema teve origem/nexo com o trabalho voce deve procurar um advogado e ingressar com um processo trabalhista..se puder nos ligue que lhe oriento melhor. Grande abraço. (11) 3876-8496

      Excluir
  76. Se o problema teve origem/nexo com o trabalho voce deve procurar um advogado e ingressar com um processo trabalhista..se puder nos ligue que lhe oriento melhor. Grande abraço. (11) 3876-8496

    ResponderExcluir
  77. Boa Noite, Fui demitida e estou em tratamento de endometriose grau 3 há 2 anos. A empresa é obrigada a me manter no plano de saúde? Trabalhava em um cartório em Campinas - SP e fui demitida dia 31/01

    Obrigada,

    Suellen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suellen, para uma analise mais detalhada seria bom informar quanto tempo tem de empresa, a gravidade do problema, etc..se possivel mande em meu e-mail direto que tento te ajudar. marcelo.winther@gmail.com

      Excluir
    2. Bom Dia.

      E-mail enviado, Dr Marcelo.

      Obrigada,

      Suellen

      Excluir
  78. Dr. Marcelo fui demitido ainda em tratamento psiquiátrico, comecei o tratamento há 4 meses e não fui liberado pelo médico, conforme laudo, me dispensaram alegando que não estava sendo produtivo, sendo que o stress no trabalho que acarretou esse problema de saúde, mesmo assim a empresa poderia ter demitido?
    e um paciente em tratamento jamais um supervisor poderia dizer isso ao funcionário, sendo que abalou ainda mais o mesmo.
    grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo que vc nao poderia ser demitido. Todavia, como sempre digo, precisamos analisar melhor a tua situação com relação a tempo de serviço, tipo de problema, etc.

      Excluir
  79. Olha minha mae trabalhava em uma empresa ha 15 dias ela estav começndo o trabalho .. qnso ficou mt doente uns tres dias tomando soro e qnd ela voltau ao trabalho foi demitida pq o pataro disse que nao trabalhava cm pessoas doentes fazer nessas situacoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se foi assim mesmo, ela pode tentar uma reintegração e manutenção no emprego até o final do tratamento. Se o problema tiver nexo com o trabalho ai ela pode até pleitear outras coisas na ação.

      Excluir
  80. Olá, se tiver como provar estes fatos (o que as vezes é complicado) sua mãe pode ingressar sim com uma ação indenizatória..mas, como eu disse, este fato tem que ser bem comprovado na justiça.

    ResponderExcluir
  81. boa tarde , trabalhei numa empresa de call senter por 6 meses e estava fazendo exames pré operatórios para operar da pedra da vesícula , a empresa já estava ciente e com uma semana pr ret com cirurgião onde o mesmo iria analisar os exames e marcar a data da cirurgia .. a empresa me mandou embora , posso recorrer judicialmente ?

    ResponderExcluir
  82. Dr. trabalhava de eletricista e fazia a função de encanador, fui contratado como eletricista, pois me disseram na empresa que teria que fazer hidráulica também, mas recebi salario como eletricista, queria saber se cabe ação. obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que cabeira seria um adicional por acumulo de função ou diferença salarial. Teriamos que conversar para explicar melhor a situação.

      Excluir
  83. como provar que desenvolvi uma hérnia de disco na cervical com minhas atividades na empresa, pois fui demitido fazendo tratamento medico e preciso do convenio para continuar se tratando, minha função na empresa e eletricista e encanador, se cabe ação por danos morais e se a empresa vai continuar a pagar o convenio pois ainda estou me tratando. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se tiver nexo com o trabalho sim. normalmente é o perito judicial que vai dizer. qq coisa me ligue que tento te ajudar. (11) 3876-8496

      Excluir
  84. Meu namorado trabalha na Vonpar (Coca-cola) em Porto Alegre-RS desde julho de 2011, na época ele tinha apenas uma variz em uma das pernas, o que chamou a atenção da médica no exame admissional, com o desenvolver destes 2 anos e meio mais ou menos, as varizes foram piorando e nos últimos exames o médico constatou que ele deveria operar, encaminhamos a requisição com o laudo e o contato do anestesista que o convênio havia solicitado, sendo autorizado todos os procedimentos da cirurgia pelo convênio...mas neste meio tempo, houve a greve dos ônibus de Porto Alegre, por 15 dias, parou total...ele entrou em contato com a empresa para verificar se eles iriam lhe dar a passagem de lotação (o qual o vale transporte não cobre) e o custo é alto, seriam R$4,20 para cada um dos 4 que ele teria que pegar por dia, ou se eles iriam dar a gasolina e uma vaga no estacionamento para que ele pudesse ir de carro, mas informaram a ele que ele teria que se virar para ir trabalhar, e nestas condições ele não foi trabalhar...
    Após o término da greve ele foi para o serviço e demitiram ele, e foi neste mesmo dia que me passaram a autorização do convênio, sendo assim o RH esta sabendo de tudo, e mesmo assim solicitaram a ele levar a carteira de trabalho, e todos os materiais do serviço, inclusive o cartão do convênio, porém a cirurgia esta marcada para o dia 07 de março e precisaríamos da carteira para apresentar no hospital.
    * Não sabemos o que fazer, o exame demissional dele esta marcado para amanhã (19/02), nos ajude, por favor...Obrigada.

    ResponderExcluir
  85. Boa noite, trabalho numa empresa call center a 4 anos e 4 meses, porem em 2011 realizei uma cirurgia de halux (joanete) e nao deu certo devido muito tempo em pé e vou precisar realizar novamente a cirurgia, pois foi detectado que estou com artrose.Porem empresa tera redução do quadro de funcionario e possivelmente serei demitida, mas preciso fazer a cirurgia.A empresa ainda nao foi notificada sobre cirurgia.Como posso proceder?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que sua doença (pelo que entendi) nao tem nexo com o trabalho. Nesses casos fica complicado. o que caberia, se o caso, seria a possibilidade de manter-se no emprego (mediante determinação judicial) até o fim do tratamento. mas isso vai depender de uma analise mais criteriosa.

      Excluir
  86. Boa tarde,
    Trabalho a 1 ano em uma empresa metalúrgica como secretaria, e estou com problemas de coluna e com alguns diagnósticos médicos tenho chances de ser operada, a empresa pode me demitir mesmo sabendo que vou ter que fazer cirurgia? E se me demitirem como posso proceder?
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até podem lhe demitir sim. Dependendo da gravidade do problema pode tentar uma manutenção no emprego atraves de determinação judicial.

      Excluir
  87. Sou funcionário de uma mineradora,e fui afastado do trabalho por ter contraído uma tvp trombose venosa profunda,já estou afastado a 7 meses e segundo exames médicos já ficou sequela a empresa pode me. demitir se o inss me dispensar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, se o benefício nao for o acidentário a empresa até pode lhe demitir. Se sua doença tiver nexo com o trabalho pode-se até tentar uma reintegração (se for sua intenção) ou pode apenas ingressar com processo pedindo pensionamento e danos morais por ter adquirido a doença no trabalho.

      Excluir
  88. Boa tarde Marcelo, fui deligada da empresa no dia 09/01/2014 porém a empresa precisou me reintegrar pois estou com problemas de Érnia de Disco (Não passei no exame demissional), estou afastada já vai fazer 2 meses. Dia 17/03/14 tenho a consulta com a perícia médica e vou saber se tenho direito ao auxilio doença. Tenho que retornar a empresa dia 18/03/14 para entregar os papeis. Neste meio termo consultei com o angiologista que constatou através de exames que estou com a Safena doente (Veia da perna) e vou precisar fazer uma cirurgia para retirá-
    -la. A cirurgia ficou marcada para o dia 14/04/14. A minha pergunta é se caso eu não tiver direito ao auxílio doença, a empresa pode me demitir assim que eu voltar? Mesmo com a cirurgia marcada?

    ResponderExcluir
  89. olá boa noite! Marcel W.
    Sou operadora de caixa numa farmacia,troco turnos e tals,mas ja tem 4 meses q estou fazendo tratamento com um neurologista,e terapia com psicóloga,o médico me informou que estou com estresse q se resultou em uma enxaqueca agora estou tomando remedios diarios para dor e ansiedade que tb controla a depresão,e eu estou mto baixa astral como se estivesse depressiva mesmo.
    e agora minha chefe me informou q nao vai dar pra continuar mais comigo.esta certo isso? aguardo eu sou de minas.obrigada!

    ResponderExcluir
  90. Oi fui demitida no dia 28/02/2014, mais desde agosto de 2013 estou me tratando de stress e depressão ocasionado pelo trabalho. Mais no dia da demissão não assinei a carta demissional e fui correndo ao meu médico e ele me deu 3 meses de afastamento alegando que eu estava fazendo tratamento desde agosto 2013. Mais mesmo assim a empresa negou, não aceitou meu atestado, e não quis me encaminhar para a perícia. Mais eu consegui marcar perícia sem o encaminhamento deles para o dia 19/03. Eu passando na perícia eles ainda vão conseguir me mandar embora ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que sim por que voce nao foi afastado ainda..de qualquer forma me dê uma ligada ou mande o resultado em meu e-mail para eu poder te orientar melhor: marcelo.winther@gmail.com

      Excluir
  91. Boa noite Dr.Marcelo, trabalhei numa empresa de contact center durante 4 anos e no ano de 2011 fiz uma cirurgia de joanete e com o decorrer dos anos a mesma foi piorando devido ficar muito tempo em pé e sapatos de salto.No dia 13/03 fui demitida apos informar a empresa que iria realizar uma cirurgia para reparação e aliviar a dor.Passando com meu medico o mesmo fez relatorio onde informou que devido ao uso inadequado de sapatos e muito tempo em pé, deverei realizar nova cirurgia.O que posso fazer, posso entrar com uma ação contra empresa por me demitir? Grata

    ResponderExcluir
  92. Boa Tarde, tenho uma dúvida foi demitida com aviso prévio indenizado dia 27/02/2014, recebi o aviso prévio no prazo de 10 dias e a homologação é dia 25/03/2014, mas não fiz exame demissional (trabalhei 2 anos e 5 meses), liguei na empresa para saber do exame me informaram que no dia da homologação eles resolvem, pode isso?

    ResponderExcluir
  93. Ola...fui demitido três dias antes da minha cirurgia...passei com medico para mostrar exames pré cirúrgicos na segunda e nao pude ir trabalhar no dia...na terça eu levei o atestado e informei que no sábado daquele semana faria a cirurgia e ficaria 15 dias de atestado...porem no dia seguinte quarta feira fui dimitido. Eu posso abrir um ação contra a empresa? Tenho copias de exames e tenho como comprovar por meios de atestados e agendamento de consulta que eles estavam ciente da cirurgia. Fico no aguardo de uma resposta. Obrigado

    ResponderExcluir
  94. Oi, fui demitida da empresa onde trabalhava, minha dúvida é: Eu passei com o neurologista e comecei a fazer um tratamento no qual ele disse que deve durar de 8 meses a 1 ano, ele informou que o tratamento é devido eu estar muito tensa e por isso ter muita dor de cabeça, gostaria de saber se a empresa pode tirar o meu convenio, com isso fazendo com que eu pare o tratamento?

    ResponderExcluir
  95. Boa tarde, então, entrei numa empresa dia 13/02 e durante os dias que vinha trabalhando, por trabalhar como lixadeira, o pó das antenas entrou em minha garganta e narinas e com isso no dia 03/03 piorou e fui ao médico pelo SUS, ao qual nem cheguei a ser atendida, nem fui trabalhar nesse dia e nem dia 04/03...No dia 05/03 fui pedir as contas e me disseram que não tinha direito nenhum e ainda me devolveram a carteira e o contrato de rescisão nem me entregaram alegando que outro dia iram me ligar pra entregar mais ate agora nada..tenho algum direto ?Desde já obrigada.

    ResponderExcluir
  96. Bom dia, vou pergunta a respeito da minha dificuldade, Eu tenha asma considerada leve pelo medo que faço tratamento.
    Trabalho em uma Empresa que tem, pó, temperatura alta elevada seca e úmida também, produtos químicos.
    Tratamento que faço e pro resto da vida segundo o medico, agora apresentei uma atestado do medico a meu chefe e esta gerando repercussão da parte deles. pelo que vejo posso ser mandado embora do serviço além da asma também tenho um problema num olho o esquerdo não enxergo quase nada uns 20% com uma lente. agora vem uma pergunta esta dizendo o meu chefe que com o laudo da atestada eu não posso trabalha mais no meu setor! só tenho 2º grau de estudo como vou trabalha. sendo assim dai tenho que me “aposentar”, porque sendo assim. Empresa me mandando embora vai ficar delicio arrumar outro serviço!? E agora com a atestado apresentado a Supervisor e chefes maiores estão querendo que eu assine um documento pra mim ficar trabalhando, mesmo o lugar onde trabalho venha a me prejudica, sendo que no mesmo setor tem uns serviços do mesmo que faço que e mais leve em relação a citada a cima. Se possível me dar uma opinião o que devo fazer!


    Att. Desde já obrigado.

    ResponderExcluir
  97. Bom dia! fiz uma cirurgia de vaizes a dois anos na penultima empresa que trabalhei e fiquei afastado por 15 dias e depois o tempo necessario pelo inss voltei ao trabalho. A médica da pericia do inss atestou como acidente de trabalho devido a função que eu estava exercendo e as anteriores fiquei com estabilidade de 1 ano mas mesmo assim pedi demissão. No momento estou com outras varizes que surgiram neste decorre do tempo e estou empregado pretendo fazer outra cirurgia ainda não iniciei o processo mas a empresa atual pretende me demitir. Minha duvida é posso ser demitido? e se no exame demissional eu alegar e ficar provado estas varizes mesmo assim a empresa pode me demitir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a melhor situação no momento seria voce ingressar com ação contra o INSS para pedir Auxilio Acidente (caso seja permanente o problema e tenha diminuída sua capacidade de trabalho) quanto as empresas vai depender do prazo prescricional para pedir alguma coisa...qq coisa me ligue.

      Excluir
  98. Ola Dr.
    Trabalho em uma empresa de comunicação a mais 14 anos. Em 2009, fiquei bastante doente e durante os exames foi constatado, que, eu estava com cirrose auto-imune. o que foi confirmado atraves de biópsia. Em fevereiro deste ano fui demitido sem justa causa. Ressalto desde novembro de 2009, faço tratamento para manter o controle da doença. Ja estive duas vezes Albert Einstein, São Paulo. E faço acompanhamento médico periódico, devido as varizes de esôfago. Gostaria de saber se mesmo em tratamento continuo a empresa pode me dispensar?
    Aguardo respostas. Muito obrigado

    ResponderExcluir
  99. Boa tarde, comecei a trabalhar numa loja de Departamento no dia 03/12 /2012 como temporária por um mês, sendo efetivada por eles no dia 08/01 para trabalhar em uma outra loja, em um shopping, era eu e mais um rapaz para cuidar de um setor do departamento, porém após um mês o rapaz foi demitido, e nunca mais contrataram ninguém , a cada dia que passava fui ficando sobrecarregada. Um dia tive que pegar um manequim pesado que estava sobre uma prateleira, dei mal jeito na cervical, trabalhei por três dias com o pescoço travado, fui ao ortopedista que me medicou e me deu três dias de atestado. Era tanto trabalho e carregava peso o tempo todo para repor as roupas no setor que eu buscava do provador, fora as que vinha do estoque que as costas ficavam dormentes de tanto esforço, comecei a me sentir cada dia pior , era um cansaço sem fim , fui a uma psiquiatra , diagnóstico estresse crônico e ansiedade fui medicada e deu atestado de 15 dias no mínimo, mesmo não estando muito bem voltei para trabalho, pois a líder ficava me ligando para saber se eu ia voltar logo. Porém as dores nas costas quadril e pés foram ficando cada vez mais forte e me travando, fui novamente a um ortopedista, fiz raio X e densitometria óssea , diagnóstico inicio de artrose , passou um tratamento por um ano com medicamento, falei com a supervisora para me colocar em um setor mais tranquilo, para que eu não ficasse tão sobrecarregada que ficou só na promessa. Trabalhei final de novembro e dezembro travando o tempo todo e quando foi no dia 30/12 recebi minha carta de demissão, continuo em tratamento psiquiátrico e ortopédico Minha duvida é, se meu caso se encaixa em acidente de trabalho, e o que eu devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o problema de saude tiver nexo com o trabalho com certeza voce poderá pleitear uma indenização e pensionamento contra a empresa. Qq coisa nos ligue que te oriento.

      Excluir
  100. Boa noite Dr...fui demitido do trabalho fazendo tratamento psiquiatrico cid f 32.2 depressao agressiva e tb contrair pressao alta como meu trabalho era de risco e trabalhava armado durante a noite ..posso entrar com um processo contra a empresa por isso ?

    ResponderExcluir
  101. Boa noite!
    Estou Trabalhando em uma empresa a 3 mês, meu coordenador abusa da autoridade que tem, chega a nos ofendem, antes de mim ja se passaram uma 4 pessoas e todas saíram pelo mesmo motivo, o mesmo chega a nos constranger perto de outras pessoas, estou pensando em entrar com uma ação por danos morais, mas como todo pai de família tenho receio de perder o emprego e ficar queimado no mercado de trabalho, você pode me instruir nesse assunto?
    Desde já agradeço pela atenção..

    ResponderExcluir
  102. O grande problema nesse tipo de ação é a prova. Reúna provas tenha testemunhas, por que o mais difícil é provar. se voce conseguir estas provas procure um advogado de sua confiança. qualquer coisa estamos aqui...grande abraço e boa sorte.

    ResponderExcluir
  103. Oseias Freitas
    Bom dia Dr.
    Trabalho em uma empresa ha mais de 14 anos. E no dia 28 de fevereiro deste ano, o gerente me demitiu. Mas ha mais de tres anos faço tratamento contra cirrose hepática. No exame demissional expliquei o problema ao médico do trabalho. No primeiro momento ele foi profissional, e pediu que eu fosse até um especialista e pegasse um laudo, que ele (médico do trabalho), iria fazer o demissional em cima das informações do especialista. Quando retornei com o laudo o mesmo (médico do trabalho) ja havia entregue o exame para a empresa, e no exame ele assinou apto, sem restrições. Quando cheguei ao MTE para fazer a homologação o Auditor, não aceitou devido os dois laudos entrarem em confronto, do especialista explica que estou em tratamento e devido ao avanço da doença inapto por tempo indeterminado, e do médico do trabalho apto ( vale ressaltar que o demissional foi assinado na base da pressão empresarial, uma vez que não passei por nenhuma avaliação). Enfim o MTE não fez a homologação e hoje estou afastado aguardando uma pericia do INSS, mas que foi marcada por mim mesmo.
    A pergunta que faço ao senhor é a seguinte, mesmo a doença não sendo laboral, e por ser degenerativa, a empresa pode me demitir sem justa causa? Lembrando que estou no grupo ha mais de 14 anos, e a doença foi descoberta ha tres anos e meio.Obrigado e bom dia.

    ResponderExcluir
  104. Oseias Freitas
    Bom dia Dr.
    Trabalho em uma empresa ha mais de 14 anos. E no dia 28 de fevereiro deste ano, o gerente me demitiu. Mas ha mais de tres anos faço tratamento contra cirrose hepática. No exame demissional expliquei o problema ao médico do trabalho. No primeiro momento ele foi profissional, e pediu que eu fosse até um especialista e pegasse um laudo, que ele (médico do trabalho), iria fazer o demissional em cima das informações do especialista. Quando retornei com o laudo o mesmo (médico do trabalho) ja havia entregue o exame para a empresa, e no exame ele assinou apto, sem restrições. Quando cheguei ao MTE para fazer a homologação o Auditor, não aceitou devido os dois laudos entrarem em confronto, do especialista explica que estou em tratamento e devido ao avanço da doença inapto por tempo indeterminado, e do médico do trabalho apto ( vale ressaltar que o demissional foi assinado na base da pressão empresarial, uma vez que não passei por nenhuma avaliação). Enfim o MTE não fez a homologação e hoje estou afastado aguardando uma pericia do INSS, mas que foi marcada por mim mesmo.
    A pergunta que faço ao senhor é a seguinte, mesmo a doença não sendo laboral, e por ser degenerativa, a empresa pode me demitir sem justa causa? Lembrando que estou no grupo ha mais de 14 anos, e a doença foi descoberta ha tres anos e meio.Obrigado e bom dia.

    ResponderExcluir
  105. queria saber posso ser demitido mesmo estando com uma cirurgia marcada mesmo que essa não seja relacionado ao trabalho.
    a mesma será feita pelo convenio da empresa.obrigado

    ResponderExcluir
  106. Olá boa tarde! Trabalho em uma loja de auto peças (estoquista), e lá temos que pegar várias peças muito pesadas para nos mulheres, onde me agravou um problema no ombro, esse problema eu já tinha, só que com o passar do tempo pegando coisas pesadas foi piorando a minha situação,... pois várias vezes meu ombro doía muito e deslocava, não conseguia ficar com o braço abaixado e muitas vezes éramos "obrigadas" a pegar as peças e levá-las ao segundo andar, isso subindo pelas escadas quando o elevador quebrava.Fiz uma cirurgia dia 12 de setembro de 2013, estou com "ombro congelado",.......mas o que devo fazer já que a empresa esta esperando eu voltar pra me mandar embora? Já que se agravou meu problema lá.

    ResponderExcluir
  107. Bom dia, meu pai trabalhou em uma empresa por mais ou menos 10 anos e durante esse período foi diagnosticado com depressão. Durante esses 10 anos eles teve 2 surtos e teve que se afastar da empresa para tratamento. No ultimo surto que teve, ele ficou afastado e ficou recebendo beneficio previdenciário. Realizou o tratamento, porém agora é dependente de remédios para manter o controle. A depressão que ele adquiriu foi devido a pressões sofridas na empresa. Meu trabalhava em uma jornada de trabalho de 12/36 no período noturno em uma recepção de hospital. Ele foi dispensado da empresa essa semana. Gostaria de saber se podemos mover uma ação contra a empresa alegando que ele adquiriu a depressão devido as fortes pressões que sofreu. Desde já agradeço a atenção. Um abraço.

    ResponderExcluir
  108. trabalhei em uma empresa de onibus a 5 anos e 8 meses,a 4 anos mais ou menos faco tratamento com psiquiatra para depressao devido ao stress do trabalho,mas fui demitido,posso fazer algo para reverter isso?desde ja agradeco!!

    ResponderExcluir
  109. roberto gonçalves18 de abril de 2014 17:51

    boa tarde,trabalhava em uma empresa de transporte,mas como ficava muito se ntado tive trombose nas 2 pernas,fiquei afastado por 10 meses,e qdo voltei do inss mas ainda em tratamento o qual continuo ate hj fui demitido,pois a empresa tinha sido vendido para outra " antiga etcd hoje atual benfica', se puder me ajudar mande algo no meu email "robertogoncalves08@yahoo.com.br",desde ja agradeço

    ResponderExcluir
  110. TRABALHEI EM UM LABORATÓRIO POR 34 ANOS E DEVIDO A DESENTENDIMENTOS COM UMA FUNCIONÁRIA COMECEI A TOMAR REMÉDIO CONTROLADO E PEGUEI O MEU PRIMEIRO ATESTADO MÉDICO COM UM PSIQUIATRA DE 15 DIAS E VOLTEI HOJE MAS MINHA DEMISSÃO ESTAVA PRONTA... ISSO PODE?

    ResponderExcluir